Top 10

wel info

Uma família no Missouri, EUA, publicou a fotografia do seu postal de Natal no Facebook. Uns meses depois descobriram que a fotografia estava a ser usada em cartazes de publicidade a uma loja de comida na República Checa. A família, que não tinha autorizado a utilização da fotografia para a campanha publicitária, resolveu processar o dono da loja. Mario Bertuccio, proprietário da loja, alegou em tribunal que tirou a fotografia da Internet pensando que eram modelos e não uma família real.

wel info

Nathalie Blanchard sofria de uma depressão há mais de um ano quando deixou de receber o dinheiro da baixa médica após ter colocado fotos suas no Facebook a divertir-se na praia. Há ano e meio que Nathalie tinha sido afastada do emprego por causa de uma depressão e por isso recebia um subsídio. Contudo, as fotografias colocadas na rede social mostravam-na na praia e na discoteca a divertir-se na sua festa de anos. A seguradora deduziu que Blanchard já tivesse superado a depressão e, por isso, deixou de lhe pagar o abono.

wel info

Emma Brady, de 35 anos, ficou chocada quando leu um comentário do seu marido no Facebook.
“Neil Brady terminou o casamento com Emma Brady.”
A mulher não fazia ideia da decisão do marido até um amigo lhe ter ligado para saber como ela estava.

wel info

O jovem que conseguiu livrar-se de acusações de roubo graças ao álibi do Facebook. Um dia depois, o jovem foi preso por suspeita de assalto. O seu advogado de defesa, Robert Reuland, utilizou o comentário do Facebook, que foi feito no mesmo momento do assalto, como álibi do rapaz. As acusações contra Rodney Bradford foram retiradas após o álibi do Facebook ter sido provado como verdadeiro.

wel info

O rapaz raptado que foi encontrado 22 anos depois com a ajuda do Facebook. Alex Anfuso, um italiano raptado aos cinco anos, viveu no Cairo durante os últimos 22 anos usando um nome diferente.

wel info

Um rapaz do Equador criou uma página de Facebook com um propósito: chegar ao milhão de seguidores.
“Se chegar ao milhão, eu, José Romero, vou tatuar 151 Pokemons nas minhas costas.”
No entanto, Romero nunca imaginou que o desafio atraísse milhares de pessoas que apoiavam a sua causa, tornando-se assim seus seguidores. A euforia foi tão grande que ao fim de 24 horas, já 50 mil pessoas tinham aderido à página. O rapaz ficou assustado com o número que subia a cada instante e por isso suprimiu a sua página para que não fosse mais encontrado na rede social. Os utilizadores desapontados queriam dar-lhe uma sova pelo incumprimento da promessa, e criaram uma nova página para descobrir a sua localização. Até ao momento a página tem seis milhões de seguidores.

wel info

O invulgar deste casal não é ter-se conhecido através da Internet, mas sim ter o mesmo nome completo. Um rapaz do Texas chamado Kelly Hildebrandt conheceu uma rapariga da Florida também chamada Kelly Hildebrandt, e os dois estão noivos.
O casal conheceu-se quando Kelly, a rapariga, foi pesquisar o seu nome no Facebook.
“Eu pensei: vou ver se há outra Kelly Hildebrandt no Facebook. Então pesquisei o meu próprio nome. Na pesquisa apareceu a fotografia dele. Kelly, o rapaz, diz que ao ver o convite dela achou engraçado terem o mesmo nome e por isso queria dizer olá. Oito meses depois, Kelly (o homem) pediu Kelly (a mulher) em casamento.

wel info

Uma mulher em estado de choque ligou à polícia após ter encontrado um rapaz de 19 anos trancado no armário da filha adolescente. A rapariga de 13 anos admitiu que teve relações com ele após se terem conhecido pelo Facebook. Segundo o relatório da polícia, o rapaz esteve dois dias dentro do armário. O Romeu do Facebook foi preso e aguarda possíveis acusações de crime sexual.

wel info

Dias antes do casamento, uma noiva furiosa deixou o namorado depois de descobrir uma fotografia do namorado a acariciar os seios de outra rapariga. Furiosa, espalhou fotografias do rapaz por Roma inteira. Nos cartazes, aparecia a fotografia do rapaz a acariciar os seios nus de outra mulher e uma mensagem:
“Obrigado Senhor por existir Facebook! Pelo menos descobri o traidor com quem me ia casar! Assinado: a ex-noiva e os 548 convidados do casamento.”

Durante o seu próprio casamento, Dana Hanna tirou o telemóvel do bolso e actualizou o estado do Facebook e Twitter para ‘casado’. Também entregou um telemóvel à noiva para que esta fizesse o mesmo.

Continue Lendo

O jeca mais descarado e sem vergonha da internet.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *