30/05/2013

Policial morre enquanto tentava bater recorde

policial

No mês passado, na Índia, um policial morreu enquanto tentava bater recorde mundial de atravessar rio com o cabelo preso a uma corda. Sailendra Roy teve um ataque cardíaco no meio do trajeto.

Aos 50 anos de idade, ele já tinha vários recordes do Guinness no currículo, principalmente na modalidade de arrastar coisas  pesadas com os cabelos. Em 2012 ele ganhou fama em todo o mundo por de puxar um comboio de 42 toneladas ao longo de 2,5 metros. O policial já conseguiu percorrer 82 metros em uma arame, preso somente pelos cabelos. No dia 28 de abril ele resolveu atravessar o rio Trista utilizando o mesmo método.

policial

Muitas pessoas acompanhavam, mas o que viram não foi o Sansão indiano atravessar de uma margem para outra, e sim uma luta dramática de Sailendra para se libertar depois que o cabelo ficou preso no arame. Depois de quase meia hora ele conseguiu soltar o cabelo e deslocar-se no arame usando as mãos, sob os aplausos ensurdecedores da multidão em cima da ponte.

Os aplausos e gritos de incentivos impediram que as autoridades equipes de emergência percebessem que o policial estava em dificuldades. Pendurado no arame à vista de mais de mil pessoas Sailendra teve um ataque cardíaco. Ainda o levaram para o hospital mais próximo mais acabou morrendo assim que chegou.