Seu Jeca

Playboy Dezembro 2013 :: Thaiz Schmitt

playboy dezembro 2013 thaiz schmitt

A coelhinha Thaiz Schmitt vira playmate para interpretar momentos mágicos de mulheres famosas que posaram nuas para a Playboy.

Quando Thaíz nasceu, em setembro de 1988, a mulher que estampava a capa da Playboy no Brasil era Andréa Veiga, uma das Paquitas, assistente de palco do Xou da Xuxa, então o programa infantil mais quente da TV brasileira (quem lembra?).

Naquele ano várias famosas já haviam passado pela revista, a então modelo Luma de Oliveira, a atriz Isabela Garcia e a atleta Sueli dos Santos, que acabou ganhando mais fama com as formas mostradas na revista do que pelos resultados nas Olimpíadas daquele ano, em Seul.

Para Thaíz, com o exemplo dessas mulheres, e de muitas que ela viu ao longo dos anos, ser uma estrela de Playboy é o máximo a que uma mulher pode aspirar. “Posar aqui sempre foi o meu sonho, diz ela, que comentou a acalentar esse desejo desde quando via os primos esconderem com a revista, como se fosse um tesouro secreto.

Ícone de beleza e simpatia sempre presentes nos eventos de Playboy, a loira já esteve em nossas páginas na companhia de outras duas Coelhinhas, em dezembro de 2008, e fez uma breve aparição na edição de junho deste ano, que deixou aquele gosto de quero mais. Como símbolo da revista, agora foi escolhida para representar as grandes mulheres que passaram pela história de Playboy. Aqui estão as cenas que se tornaram verdadeiros clássicos, rejuvenescidos pelo frescor e exuberância de Thaíz num ensaio pra lá de sensual. Confira:

Curiosidades sobre sexo que você não sabia

Melhores fotos e vídeos de mulheres gostosas

Contos eróticos, fotos caseiras, videos amadores e muito+

.

Continue Lendo
Criador, editor e empregado doméstico do blog Seu Jeca.
Post criado 2919
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.