brasília amarela
02/03/2016

Por onde anda a Brasília amarela dos Mamonas Assassinas?

brasília amarela

Após virar sucata, a Brasília amarela dos Mamonas Assassinas foi recriada pela família de Dinho. Partes originais do veículo foram usadas para montagem do novo carro.

Desde que a música Pelados em Santos, dos Mamonas Assassinas, foi lançada, em 1995, a Brasília amarela tornou-se um símbolo da banda, que morreu há 20 anos em um acidente aéreo na Serra da Cantareira, em Guarulhos, na Grande São Paulo.

O veículo original, comprado na época pelo vocalista Dinho, foi leiloado, depois abandonado, e finalmente virou sucata. Há quatro meses, porém, a família do cantor resgatou o veículo e aproveitou as peças para recriar o carro amarelo em um chassis de outra Brasília, assista ao vídeo.

brasília amarela

Meses depois do acidente fatal, ocorrido em 2 de março de 1996, o veículo foi leiloado em um programa de televisão. O veículo foi levado ao Rio de Janeiro. Anos depois, a Brasília foi apreendida em uma blitz por causa de problemas em sua documentação e foi parar em um ferro-velho, onde ficou parada por dez anos.

A Brasília amarela, ano 1977, foi tunada com imagens de santos, cortinas, um extintor de incêndio na lateral e forro de oncinha. Adesivos com uma mamona foram espalhados nos vidros. Tudo para a gravação do clipe. E agora, 20 anos depois, a família recriou o carro com todos os detalhes originais.

brasília amarela

brasília amarela

brasília amarela

brasília amarela

Fonte: G1