Curioso,  Notícias

escolares

Dois adolescentes chineses se suicidaram por não conseguirem terminar a tempo seus deveres escolares.

Em atos de desespero que colocaram em evidência a enorme pressão sobre os estudantes, informou a imprensa oficial chinesa nesta sexta-feira.

Em um sistema educacional muito competitivo, os alunos chineses passam em média 8,6 horas por dia em sala de aula, além de passarem muitas outras em casa realizando trabalhos escolares.

Em Nankin (leste do país), um adolescente de 15 anos pulou na quinta-feira do edifício onde vivia ao não conseguir finalizar os deveres durante os três dias de feriado, informou o jornal China Daily.

No mesmo dia e na mesma cidade, outro adolescente de 13 anos se enforcou durante a noite pelo mesmo motivo, segundo o jornal.

“Em uma nota deixada aos seus pais, o jovem escreveu que os amava, que estava triste por eles e que esperava que pudessem levar suas flores favoritas ao seu túmulo”, disse o jornal.

A taxa de escolaridade entre os jovens chineses é de 99%, de acordo com as Nações Unidas, mas o sistema é fortemente criticado por pais e pedagogos por sua insistência na memorização, por seus exames muito seletivos e pela rigidez dos métodos de ensino.

Um estudo realizado em 2007 mostrou que alguns alunos chegavam a passar 12 horas por dia em sala de aula.

Além disso, a política do filho único leva os pais a exercerem uma pressão enorme sobre os jovens estudantes para que tenham êxito.

fonte: Yahoo!

Continue Lendo

O jeca mais descarado e sem vergonha da internet.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *