• Vídeos

    O que acontece quando você bebe além do limite na balada?

    O que acontece quando você bebe além do limite na balada? Todos os seus amigos sabem a resposta para essa pergunta, menos você mesmo.

    bebe além do limite na balada

    Certamente você já deve ter ouvido falar naquela história de que cu de bêbado não tem dono. Mas, provavelmente, não levou muito a sério. Você sabe que não precisa beber além do limite pra se divertir. Até por que a pessoa que você vira quando bebe além do limite nem consegue se divertir. Lembra aquela vez que você deu o maior vexame na balada? Pois é, você nem lembra. Mas seus amigos têm celulares com câmera e vão te lembrar pelo resto da vida.

  • velório
    Vídeos

    Sempre aparece um maluco no velório

    sempre aparece um maluco no velório

    Um velório se tornou uma situação desconfortável. Muitos pessoas acham que é um evento para ficar fofocando e contando piada. E sempre aparece um maluco ou um bêbado para tumultuar ainda mais o ambiente.

    Antes de mais nada é preciso ter respeito, pois se trata de um momento difícil para os parentes e amigos. A lembrança da presença onipresente da morte, o contemplar da sua própria mortalidade e o pesar dos presentes pode causar um grande incômodo. E há diferentes reações que podemos ter sobre pressão, e nem sempre elas são as mais adequadas. Ainda mais quando se trata da sua estreia nesse tipo de evento social. Digo, fúnebre. Assista ao vídeo:

    Inscreva-se no canal Porta dos Fundos.

  • Curioso

    Cerveja deixa os homens mais inteligentes

    cerveja deixa os homens mais inteligentes

    A cerveja deixa os homens mais inteligentes! Essa afirmação não foi feita por um bêbado qualquer, e sim por um grupo pesquisadores da Universidade de Illinois, em Chicago.

    Eles descobriram uma importante relação entre o fermentado e a inteligência humana. Segundo o estudo, após ingerir algumas cervejas,  os homens resolviam muito mais rápido um jogo de quebra-cabeças do que seus oponentes sóbrios. Para chegar a essa conclusão surpreendente, os pesquisadores selecionaram 40 homens, aos quais foram dadas três palavras. A cada um foi delegada a missão de encontrar uma quarta que tivesse correspondência com as outras três. Um exemplo foi a palavra “Queijo” poderia combinar com “Cottage”, “Roquefort” ou “Suíço”.

    Talvez esta pesquisa explique o sucesso de personalidades como William Shakespeare, Ernest Hemingway, Barack Obama, Benjamin Franklin e Charles Bukowski, que não abrem mão de um suco de cevadis.

    Fonte: Manual do Homem Moderno

Continue Lendo